Maiêutica Divide com você

| Série Escola - Conquistas e Desafios |

Pais, Filhos, Escola x Dificuldades de aprendizagem | Texto 4

 Final de semestre e as antigas preocupações dos pais batem à porta. Principalmente dos pais de primeira viagem que têm seus filhos matriculados nas séries iniciais e que acabaram de receber, decepcionados, o boletim escolar.

 O que fazer quando se deparar com essa situação e perceber que seu filho está enfrentando algum tipo de dificuldade na aprendizagem?

 Em meio à tecnologia as dificuldades escolares continuam as mesmas e às vezes pior, por passarem despercebidas em meio a tanta informação.

 O baixo rendimento escolar tem sido uma das maiores preocupações dos pais e professores, aliado às diversas queixas de alunos que terminam as séries iniciais sem saber ler ou escrever.

 Essas dificuldades quando não diagnosticadas a tempo, certamente podem causar impacto negativo no futuro de muitas crianças, provocando evasão escolar e a manutenção de uma auto-imagem deteriorada.

 Os problemas específicos da aprendizagem se expressam de diferentes formas e afetam distintas competências não podendo ser observadas de maneira isolada, apenas dentro da sala de aula.

 Alguns dos sintomas são semelhantes aos distúrbios comuns, como: déficit de atenção, hiperatividade, disgrafia, disortografia, tda, tdah, dislexia, discalculia e síndrome de Irlen (SI) mais conhecido como dislexia da leitura.

 Esta última, com características essencialmente oculares. As crianças apresentam olhos lacrimejantes, prurido, ardência ocular, tendência a esfregar os olhos ou tampar, fazer sombra enquanto lê, apertar ou piscar os olhos excessivamente, balançar ou tombar a cabeça, sensação de cansaço após 10 à 15 minutos de leitura e não são diagnosticadas facilmente, a não ser por um profissional devidamente treinado (Screener).

 A demanda de atenção visual no dia a dia produz alterações no córtex visual e déficits na leitura podendo ser confundida com sintomas de alguns distúrbios conhecidos.

 Por isso é bom ficar atento a qualquer alteração de comportamento de seus filhos, que pode ser desde uma corriqueira dor de cabeça, até isolamento e resistência à escola, pois não conseguindo acompanhar os demais colegas,  cedem ao fracasso.

 Os sintomas da Irlen são:

  • confusão entre os números;

  • preguiça e apatia;

  • percepção de distorções visuais em páginas de texto;

  • leitura de palavras de baixo para cima;

  • inversão de letras e palavras;

  • espaçamento irregular;

  • dificuldades em manter-se na linha ao escrever;

  • lentidão e baixa compreensão. 

 

 A prevalência é alta, pois atinge de 12-14% da população em geral, incluindo bons leitores e universitários, e torna-se proporcionalmente mais frequente quando há concomitância com déficits de atenção e dislexia (33 a 46% dos casos).

 Como os sintomas de dificuldades de aprendizagem são semelhantes a outros tantos conhecidos, o diagnóstico diferencial é indispensável para que a conduta ideal seja adotada o mais precocemente possível, uma vez que a intervenção gera benefícios nas outras áreas do processamento, como as auditivas, motoras e cognitivas.

 Por isso observe e procure a escola, caso haja a suspeita de alguma dificuldade de aprendizagem. Se o(s) sintoma(s) persistir(em) procure um profissional psicopedagogo, que através de uma avaliação utilizará de ferramentas específicas para um diagnóstico correto e intervenção.

Deborah Leite
Caroline Felipe Psicóloga Clínica Maiêutica

© 2019 Clínica Maiêutica. Todos os direitos reservados.